Rádio Manifesto Norte - O espaço da musica independente.

sábado, 14 de fevereiro de 2015




NO SOM DA ESCÂNDALO FÔNICO





A Idéia de uma banda surgiu em meados de 2008 com a proposta de tocar músicas autorais tiradas de experiências vivenciadas pelos amigos Guerydan Rezende e Bruno Pereira,  que estavam em busca de um estilo próprio de criar e compor suas canções, foi um período de bastante proveito e mesmo após dois anos de inatividades, mas sempre ensaiando e compondo a banda volta em Junho de 2010 com o nome ESCÂNDALO FÔNICO com uma proposta de fazer um som alternativo diferente do que estava rolando na cidade.Com a restruturação da banda e a entrada de novos integrantes a EF começou a se apresentar tocando cover de bandas que influenciavam seus integrantes, como Moptop e Los Hermanos, mesmo a banda já tendo suas canções autorais optaram por começar mostrando primeiro suas influências para interagir naturalmente com o público para só  depois mostrar seu excelente trabalho autoral. Após a saída do vocalista Bruno Pereira a banda não saiu desesperada atrás de novos vocalistas, ela simplesmente passou a se apresentar com os integrantes dividindo os vocais o que eu particularmente acho a maior diferença na EF, pois acho que isso só valoriza o talento dos músicos como um todo. A banda lançou seu cd no dia 29 de junho de 2012 no Caverna Rock Pub. O CD não possui título, talvez por que não exista título para descrever o que você irá ouvir em suas 12 faixas extremamente trabalhadas e pesadas que apesar de toda a harmonia das melodias, o disco soa numa porrada certeira e por isso os shows da EF são sempre recheados e divididos entre coral de fãs e a roda de polgo ao mesmo tempo. 












Descrever o som dessa banda não é tão difícil, o difícil é descrever a sensação que suas canções transmitem. Desde de a  primeira vez que ouvi uma música da ESCÂNDALO FÔNICO, eu passei o resto do dia cantarolando na mente “esse não sou eu, esse não foi eu...” E ficava torcendo pra tocar de novo na MANIFESTO NORTE e assim conheci outras músicas e depois o trabalho por inteiro.

Precisava ouvir mais, conhecer melhor o seu trabalho e principalmente suas performances de palco, e tive o privilegio de assistir alguns shows dessa banda que de primeira entrou na minha lista das melhores bandas autorais da cidade, e com um dos melhores discos do cenário nacional sem dúvida nenhuma, e quando falo em melhor disco ou melhor banda, muitas vezes soa como empolgação de fã ou simplesmente enchimento de bola, que estou só sendo social e tal, mas na verdade não é isso, eu falo com sinceridade justamente por fazer parte da cena autoral local da cidade e por ouvir muito rock nacional, e vejo que o rock dito nacional acabou, o que segura o movimento é o rock alternativo e o underground, bandas comerciais da mídia só surgem pra fazer modinha. Para mim é muito gratificante ter uma banda como essa na minha cidade, tenho maior prazer de divulgar para os amigos de outros estados e amigos daqui mesmo que ainda estão conhecendo a nossa cena.



EU SÓ ESTAVA ABRINDO A PORTA



Muitas vezes nas reuniões com amigos que ainda não conhecem bem a cena local, sempre procuro apresentar uma banda que tenha a ver com suas influências, tenho um amigo que trabalha na SUSAM e ele é muito fã de Vanguart, Los Hermanos e Moptop. Uma bela noite estávamos bebendo em sua casa nova, e no meio de tantos vídeos do Los Hermanos e Moptop eu pedi pra mostrar uma banda aqui de Manaus para ver o que ele achava, coloquei no site TNB e apresentei-lhe ESCÂNDALO FÔNICO, ouvimos as músicas e ele começou a pirar e quando ouviu a música A PORTA, já muito louco de álcool começou a contar e a lembrar de um caso antigo dele com uma colega da faculdade dizendo que a música dizia tudo que ele tinha vivido com ela, dizendo que sentia muito não ter ficado com ela, eu sei que ele viveu tudo ali de uma vez, então eu querendo que ele ouvisse o resto das músicas mas ele ficava repetindo A PORTA  e já cantando o refrão e pirando literalmente, foi preciso sua esposa chegar para acalmá-lo, pelo menos naquela noite.

são esses momentos que eu guardo e comprovo o quanto nossos músicos são excelentes, minha música preferida da banda todos que me conhecem sabem que é ENGANO SEU, em qualquer show ou simplesmente como agora escrevendo esse texto dando um tempo ascendendo um cigarro, tomando uma dose e voltando para tentar terminá-lo nesse instante final ouvindo O IMPROVÁVEL.


A formação atual da banda conta com os seguintes integrantes:

Baixo e vocal: Mário Sergio de Oliveira
Guitarra base: Daniel Alencar
Guitarra solo e vocal: Márcio Rezende
Teclados e vocal: Guerydan Rezende
Bateria: Ronyveder Costa.




ESCÂNDALO FÔNICO POEMA 

TANTA COISA posso levar
Na ESTRADA PARA O AMANHÃ
E por isso ALGO ME DIZ
Que A PORTA vai estar sempre aberta

Mas no fim haverá A VILÃ
E sei que será VOCÊ
Por isso nã darei O TROCO
Será IMPROVÁVEL te esquecer

ENGANO SEU me amar
não me diga NADA NÃO
NÃO ME ABANDONE sem tentar
A RE-VOLTA irá revelar
...DUAS CARAS da traição!





  






Nenhum comentário:

Postar um comentário