Rádio Manifesto Norte - O espaço da musica independente.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

NÍCOLAS JR DA INGLATERRA OU BOB DYLAN DA SELVA?

Infelizmente nosso povo ainda não está  preparado para compartilhar de seus valores locais, nossa população ainda investe e idolatra a cultura e os costumes de outros países, e acabam deixando passar verdadeiros artistas nascidos e criados aqui nesta terra.
Tanto no rock local do qual sou fã incondicional,  como nas antigas músicas de boi da sua época áurea, cheio de letras e toadas completamente regionais e lendárias, revirando os espíritos da floresta que outrora dominavam essa selva indomável, surgiram grandes poetas e artistas locais.
E foi a partir dessa mistura que conheci e me apaixonei pela MPA (Música Popular Amazonense) e um dos primeiros cantores desse segmento que me chamou a atenção foi o Nícolas Jr. Eu simplesmente viajei nas músicas desse artista nortista, fiquei impressionado com o seu talento, o som da sua música, suas letras e toda a poética de seus versos sarcásticos e ao mesmo tempo agressivos que te causam um orgulho tremendo de ser do norte, um amazonense comedor de Jaraqui.
Fiz na minha casa certa vez algo diferente, ao invés da já tradicional churrascada de domingo, resolvi fazer uma peixada com alguns amigos do rock, que também piraram com o cd divina comédia cabocla. Nós ríamos ouvindo Gesislaine olhando as vizinhas em cima da laje tomando sol, um amigo ficou impressionado com a harmonia de Dias de hoje, curtimos o poema declamado pelo grande Joaquim Marinho, e ficamos todos em silêncio para ouvir as crônicas Sou brasileiro e chato; e A maldição da seringueira do genial Aldisio Filgueiras.
A partir desse dia meus amigos todos queriam cópias do cd, e eu neguei com o argumento de que precisávamos comprar original para poder continuar ajudando o artista. Nessa época o cd eu acho que só era vendido na banca da praça no largo de São Sebastião, e meus amigos foram atrás e alguns conseguiram. Depois de um tempo eu encontrei outro cd dele chamado Simetria, menos regional mais não menos genial, e como sempre cheio de poesias que fizeram minha esposa viajar em versos e prosas como nas músicas memórias de nós; segredos e principalmente no refrão:
 “vez em quando sou teu pecado bruto e num susto vejo o amor das mãos me escapar, nada como um dia após o outro pra eu te conquistar.” Da música pecado bruto. E nesse mesmo cd ainda tem uma música chamada beija flor, que é muito gostosa de ouvir, assim meio reggae, praia e uma boa cerveja gelada.
Agora a alguns meses atrás eu consegui a divina comédia cabocla 2 que é surpreende também, músicas como O Amazonês, feira da panaí e Rubenilson mostram  quão grande é o conhecimento do artista sobre a nossa terra. Viajei até os anos 90 ouvindo  lei de Murphy na época áurea dos antigos botecos do centro da cidade, a baladinha que saudade de você  supera qualquer balada dos cantores nacionais de hoje. Novamente com duas crônicas do Aldisio Filgueiras, declamação do Joaquim Marinho o cd ainda vem com uma surpresa agradável na faixa de marchinha: a província se defende como pode. e quando não pode se defender...”.
Eu não consigo acreditar como um artista desse porte não aparece na globo, no Faustão, Gugu e outros programas de auditório? Eu acho que é por que assim como Dylan, o Nicolas Jr. Ama sua arte acima de tudo,  claro que o reconhecimento é bem vindo, viver de sua arte é importante, mas caras como eles estão acima da mídia e da média.
Certa vez cheguei a comentar com alguns amigos amantes da cultura amazonense que  o Nícolas Jr. Era o Bob Dylan da selva, e outro amigo retrucou; “eu acho que é o Bob Dylan que é o Nicolas Jr. da Inglaterra!”.
Vejo nossa mídia transformando qualquer porcaria em estrela, e esquecem que as estrelas mais brilhantes estão bem diante dos nossos olhos. Aonde eu chego com um cd do Nicolas Jr. é certeza de que vai rolar a noite toda, por que dos amantes de Raul Seixas, Zé Ramalho, Zé Geraldo, Zeca baleiro e outros cantores do gênero, aos mais fanáticos roqueiros da cidade a opinião é a mesma, O que diferencia o Nicolas Jr. de todos os outros grandes astros da música popular brasileira é simplesmente nada! Mas ele sim, se diferencia de todos os outros... Por que ele é do norte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário